CONFORMISMO FINANCEIRO!

conformismo financeiro Estou lendo o livro: “O código da inteligência e a excelência emocional” de Augusto Cury, e me deparei com um capítulo em que ele fala das armadilhas da mente, e uma dessas armadilhas é o conformismo. Segundo Augusto Cury, o conformismo é a arte de se acomodar, de não reagir e de aceitar passivamente as dificuldades psíquicas, os eventos sociais e as barreiras físicas. O conformista fica acorrentado a sua atual situação, não luta pelos seus desejos, seus objetivos, seus projetos, enfim, não batalha pra transformar sua história. O que quero dizer com isso tudo? Olhe ao seu redor, olhe pra você. Será que você sofre de conformismo financeiro? Será que você acredita que sua atual situação financeira é obra do acaso, do destino? Se suas respostas foram sim, já está na hora da mudança. Deixe de ser um conformista e passe a ser um ativista. O ativista sabe que o destino é questão de escolha, ele é o autor de sua própria história. Se hoje você está endividado, com o nome sujo, não se conforme com isso, reveja seus gastos, analise seu atual padrão de vida. Anote todas as suas dívidas vencidas. Passe um mês anotando todas as suas despesas, por menor que seja anote, e no fim do mês some tudo e veja para onde está indo seu dinheiro. Olhe quanto você pode dispor por mês para quitar suas dívidas vencidas. Corte seus gastos supérfulos, mas não corte tudo, pois alguns gastos supérfulos te dão prazer, e eles precisam ser mantidos, apenas diminua. Tome as rédeas da sua vida financeira, acredite que você é a única pessoa que pode mudar sua situação atual. Nada acontece por acaso. Se sua vida financeira está mal você é o ÚNICO responsável por isso. Se sua vida financeira está boa, você também é o ÚNICO responsável por isso. Pare de culpar outras pessoas, o mercado ou o governo. Mude. Seja um ATIVISTA.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *