VOCÊ É ALFABETIZADO FINANCEIRAMENTE?

inteligencia financeira

A grande maioria das pessoas não é alfabetizada financeiramente. Normalmente, as pessoas aprendem apenas a trabalhar, e a trabalhar somente como empregado, não são ensinadas a empreender. (mas isso é outra conversa)

Voltando para a alfabetização financeira, o ideal era que recebêssemos educação financeira desde criança, na escola, mas não é isso o que acontece normalmente.

Nossos pais nos bancam, quando somos crianças, para estudar, vestir, comer. Sem esse “patrocínio” não chegaríamos a fase adulta. Mas nenhuma criança para pra pensar como a roupa, a comida, os brinquedos etc. surgem em sua vida.

A criança não sabe como, mas ela ganha a roupa, a comida aparece, recebe o dinheiro para o lanche. Os pequenos apenas sabem que a fonte do dinheiro são os pais, que se for pedido o dinheiro para o pai ele dará. Mas elas não têm a menor ideia de como o dinheiro foi parar na carteira do pai.

Quando somos crianças, é normal que a gente não saiba como ganhar dinheiro. Mas o incrível é que algumas pessoas não evoluíram nesse aspecto mesmo chegando a fase adulta.

Tem gente que só entende a realidade quando sai da casa dos pais. Nesse momento vão se preocupar com a conta de energia, IPTU, combustível, feira. Antes de sair da casa dos pais, o dinheiro era só pra ela, pra consumir sem se preocupar com nada. No momento que estão longe das “asas” dos pais descobrem que a vida é “cara”.

Essa falta de conhecimento sobre as despesas de manutenção da nossa vida é um sinal de que não fomos alfabetizados financeiramente. Na fase adulta a gente precisa, realmente, de um patrocinador, mas não como éramos crianças; precisamos de alguém que compre o nosso serviço ou produto. Ter consciência disso é difícil pra gente, já que em português a gente diz: “ganhar dinheiro”. E ganhar tem a ideia que alguém tem que nos dar, como um presente.

Já na língua inglesa eles dizem: “make Money”, que significa fazer dinheiro, ou seja, eles têm que dar um jeito pra conseguir dinheiro, precisam transformar alguma coisa em dinheiro.

Então precisamos aprender a lidar com o dinheiro, e para isso temos 5 pilares básicos:

  1. Descobrir para onde vai o seu dinheiro, fazer um apontamento de despesas diário, dividido por categoria.
  2. Ter objetivos financeiros claros, com valores e tempo para ser atingido
  3. Ter um orçamento detalhado, onde a prioridade são os seus objetivos, depois é que entram as contas do dia-a-dia.
  4. Aprender a poupar.
  5. Investir bem o seu dinheiro (Investir é diferente de poupar).

 

Lembre-se educação financeira é comportamento, atitude, hábitos de consumo, reveja os seus hábitos.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *